A+ A-

Unimed Juiz de Fora lança Programa Saúde do Idoso

A Unimed Juiz de Fora começou a mapear seus 13.300 clientes com 60 anos ou mais - 11 mil deles aqui na cidade. E sabe para quê? A Unimed está estruturando um novo programa, o "Saúde do Idoso", que irá oferecer cuidados específicos e gratuitos, que contemplam todos os aspectos do envelhecimento e a integralidade do idoso. Coordenada pela Diretoria de Provimento de Saúde, a equipe do Espaço Viver Bem - o centro de medicina preventiva da cooperativa - fará o diagnóstico completo dos clientes e desenvolverá o programa multidisciplinar. E tudo indica que o "Saúde do Idoso" será outro sucesso da Unimed e já nasce com apoio da imprensa.

"O programa atende ao modelo sugerido, em maio, pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), para tratar os mais de 6 milhões de beneficiários de planos de saúde que já chegaram aos 60 anos, e reforça a nossa atuação, hoje concentrada na inversão do modelo que somente trata a doença. Nosso foco é privilegiar o cuidado integral à saúde, a lógica eficiente", observa Nathércia Abrão, diretora de Provimento de Saúde, que comanda a equipe.

O programa da Unimed Juiz de Fora desenhará o acompanhamento caso a caso, para garantir assistência personalizada. "Parece até que a Agência Nacional de Saúde se inspirou no trabalho que realizamos no Espaço Viver Bem", brinca a diretora. É que para a cooperativa as linhas de atenção integral ao paciente não são novidade. A maioria dos clientes que frequentam o Espaço Viver Bem já recebe assistência multidisciplinar bem semelhante. "No Saúde do Idoso, enquanto alguns beneficiários receberão nossas ligações periódicas, outros terão consultas regulares com médicos e enfermeiros, e um terceiro grupo participará dos nossos programas de medicina preventiva", antecipa a equipe do Viver Bem sobre o que vai acontecer no programa.

No lugar da assistência fragmentada e pouco resolutiva, haverá acolhimento integral e humanizado, com profissionais de referência no monitoramento de cada um dos beneficiários. E a vantagem é que a iniciativa permitirá reconhecer os fatores de risco precocemente, minimizando o impacto de doenças crônicas, agravadas com o envelhecimento. "Na prática, ao invés de remediar a doença, o programa vai promover saúde, com ganho de qualidade de vida para o beneficiário. As expectativas são as melhores possíveis e para todos, com impacto na melhora dos resultados assistenciais e econômico-financeiros", resume Nathércia Abrão.

Confira o passo a passo:

 
 
Copyright © 2008 Unimed Juiz de Fora. Todos os direitos reservados.
Av. Rio Branco 2540 - Centro | Juiz de Fora - MG | 2ª a 6ª feira, das 8h às 18h | SAC 24h: 0800 030 11 66
Desenvolvido por logo da Handcom