A+ A-

Unimed Juiz de Fora é a 2ª maior cooperativa de saúde de Minas

A Unimed Juiz de Fora é a segunda maior cooperativa do segmento de saúde em Minas Gerais. A informação consta no 14º Anuário de Informações Econômicas Sociais do Cooperativismo Mineiro, feito pelo Sistema Ocemg, que reúne cooperativas de todos os segmentos em Minas. A publicação faz uma radiografia do setor no Estado, além de trazer o ranking das maiores cooperativas. Depois de reunir dados sobre Patrimônio Líquido, Capital Social, Ativo Total e Sobras do Exercício, a Unimed Juiz de Fora ficou atrás apenas da Unimed BH. Veja abaixo o ranking das cinco maiores.

Segundo o presidente da Unimed JF, Hugo Borges, "o ranking do Sistema Ocemg considera os principais indicadores econômicos e financeiros das cooperativas. Se atentarmos para o resultado proporcional ao porte das organizações, a Unimed Juiz de Fora teve, sem dúvidas, o melhor desempenho de Minas. Foi excepcional até quando comparado também com operadoras do mesmo porte em nível nacional."

Aproveitando o gancho do excelente resultado comprovado no Anuário da Ocemg, o presidente adiantou que já tem números do primeiro trimestre de 2019 da cooperativa e que o desempenho da Unimed JF continua muito satisfatório. "Estou certo de que estamos no caminho certo, ainda que pesem todas as dificuldades impostas pela desleal concorrência que sofrem hoje em dia as cooperativas Unimed. Nosso Ecossistema de Saúde está consolidado, e o suporte econômico-financeiro altamente sustentável. Esse sempre foi o plano da Unimed Juiz de Fora: resultados, entrega de valor aos clientes e sustentabilidade", afirmou Hugo Borges.

O Anuário

Segundo o levantamento, o cooperativismo mineiro registrou crescimento pelo quinto ano consecutivo. Em 2018, as cooperativas com sede em Minas Gerais movimentaram um total de R$ 53,6 bilhões, crescimento de 14,9% em relação 2017, quando foram registrados R$ 46,7 bilhões. Esse resultado corresponde à 9% do Produto Interno Bruto do Estado. Se comparados ao crescimento de Minas e do Brasil, 1,2% e 1,1%, respectivamente, os valores ganham ainda mais destaque.

A publicação também confirmou a geração de empregos no setor, que teve um incremento de 9,8% no período analisado, ultrapassando a marca de 43 mil pessoas empregadas. No ano passado, o segmento registrou também um crescimento de 9,8% no número de cooperados em Minas, o que equivale a 155 mil novos membros, contabilizando 1,74 milhão de pessoas.

Ramos

Ao todo, o cooperativismo mineiro contabilizou 771 cooperativas, de 11 diferentes ramos da economia. Os três ramos do cooperativismo, responsáveis pela maior parte da movimentação de renda em Minas Gerais, foram Agropecuário, Crédito e Saúde. Juntos, eles representam 96,7% dos R$ 53,6 bilhões. Já os segmentos que mais geraram postos de trabalho foram Saúde, com 1.638 novos empregados e o Crédito, com 1489 contratados.

 
 
Copyright © 2008 Unimed Juiz de Fora. Todos os direitos reservados.
Av. Rio Branco 2540 - Centro | Juiz de Fora - MG | 2ª a 6ª feira, das 8h às 18h | SAC 24h: 0800 030 11 66
CNPJ: 17.689.407/0001-70
Desenvolvido por logo da Handcom